Artigos

14 de Abril de 2018

Saiba quais são as 7 profissões mais bem pagas

Publicação

Ao escolher uma profissão, além de analisar suas habilidades, vocação e sonhos, é importante considerar também o salário que você poderá ganhar depois de formado.

Mesmo que a questão financeira não seja o item mais importante para você, saber como o mercado remunera a carreira escolhida serve para ajustar suas expectativas.

São muitas as listas de profissões mais bem pagas, com levantamentos realizados por consultorias de RH, empresas de recrutamento, jornais, revistas, portais e institutos de pesquisa. Essas listas podem apresentar variações e o salário do profissional dependerá muito de sua formação, competência, habilidades, experiência, qualificação, mercado em que atua e região do País.

Mas uma coisa é certa: fazer um curso superior aumenta muito as chances de você conseguir um bom salário. Uma pesquisa do Instituto Insper, divulgada em 2012, revelou que profissionais com diploma universitário recebem salários até 167% mais altos do que as pessoas que concluíram apenas o Ensino Médio.

Veja a seguir, o ranking das profissões mais bem pagas, a média salarial nacional e até quanto os profissionais dessas áreas podem ganhar.

1. Medicina/Saúde
As áreas de Saúde e Qualidade de Vida garantem ótimos salários aos profissionais. Quanto maior a especialização e o tempo de carreira, maior a remuneração. A média nacional para profissionais formados em Medicina é de R$ 8,4 mil e a cirurgia plástica é a especialidade com maior retorno, garantindo salário médio de R$ 18,5 mil. Já os profissionais que aliam uma graduação a outras formações multidisciplinares podem conquistar patamares mais altos. O salário de um Diretor Médico de Hospitais, por exemplo, pode chegar a R$ 50 mil.

2. Engenharia
As carreiras na área de Engenharia estão no segundo lugar do ranking das mais valorizadas no País, perdendo apenas para a área de Medicina. Preste atenção aos segmentos de atuação mais recentes e que devem manter altas médias salariais nos próximos anos, como a Engenharia Ambiental e a Engenharia de Petróleo e Gás. Um Engenheiro Ambiental, por exemplo, tem salário inicial de R$ 3,6 mil e um Engenheiro do Petróleo tem salário médio de R$ 15, 5 mil, podendo chegar a R$ 60 mil, em cargos gerenciais.

3. Direito
As áreas de Direito Empresarial, Internacional, Tributário e Civil são as que garantem melhor remuneração. É um setor com boas oportunidades também em concursos públicos. Um Assessor Jurídico pode ganhar até R$ 7 mil, e esse mesmo valor corresponde à média salarial nacional de um Advogado Empresarial. Já um Diretor Jurídico do mercado financeiro pode ganhar até R$ 40 mil.

4. Administração/Finanças
O administrador tem vasto campo de trabalho e pode atuar nos mais variados setores econômicos. Para garantir uma boa remuneração, este profissional, assim como o da área de Finanças, deve buscar especializações e acumular experiência. Um Supervisor Administrativo tem salário médio de R$ 4,9 mil e um Consultor Financeiro ganha, em média, R$ 7 mil. No auge da carreira, um Diretor Financeiropode chegar a ganhar R$ 30 mil, nos grandes centros.

5. Recursos Humanos
O executivo de Recursos Humanos está entre os profissionais mais requisitados pelo mercado, por desempenhar papel cada vez mais estratégico nas organizações. A remuneração das carreiras da área de RH dobrou nos últimos anos.  Um Coordenador de Cargos e Salários tem média salarial de R$ 6,4 mil e um Gerente de Desenvolvimento de Recursos Humanos tem remuneração média de R$ 8,6 mil. O cargo de Diretor de Recursos Humanos está no topo da categoria, com salário de até R$ 43 mil.

6. Tecnologia da Informação
As profissões da área de TI, além de bem remuneradas, apresentam rápida valorização. Um Analista de Sistemasem início de carreira, por exemplo, tem salário médio de R$ 4,2 mil. Em três anos, sua média salarial pode chegar a R$ 7 mil. Com mais de dez anos de experiência, sua remuneração alcança R$ 17 mil. Isso sem falar nas possibilidades de especialização: um profissional de TI no Brasil com mestrado recebe o piso salarial médio de R$ 9,2 mil e um Diretor Técnico e de Operações do mercado de tecnologia pode ganhar até R$ 50 mil.

7. Marketing/Vendas
O trabalho dos profissionais de Vendas e Marketing é essencial para o bom

relacionamento entre os clientes e as organizações. Um Gerente de Atendimento tem salário inicial médio de R$ 4,5 mil, podendo chegar a R$ 7,3, valor semelhante à média nacional do salário de um Analista de Marketing, R$ 7,5 mil. A média nacional para a função de Diretor Comercial é de R$ 17,9 mil e um Diretor Comercial da área de Telecom, no auge da carreira, pode ter remuneração de até R$ 50 mil.

Fonte: Exame.com/Ipea/Catho/Revista Pense Empregos

Cadastre-se e receba o conteúdo em primeira mão

Publicidade

Publicidade